Resorts já voltaram a funcionar

Treze resorts já voltaram a funcionar no país:

Abertura depende de liberação das restrições pelas prefeituras; Resorts Brasil acredita que até setembro todos já estarão operando.


Treze dos 53 resorts associados à Resorts Brasil já abriram as portas. "Nenhum desses resorts, no entanto, está operando com 100% da capacidade", afirma Sérgio Souza, presidente da entidade. O funcionamento depende, segundo o executivo, da liberação por parte das prefeituras.

Hoje, 1ª de julho, mais três resorts retomam asatividades: o Infinity Blue Resort & Spa, em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, o Armação Resort, em Porto de Galinhas, em Pernambuco, e o Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Para retomar as atividades, os resorts estão adotando protocolos sanitários recomendados pelo Ministério do Turismo e chancelados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O órgão federal também criou um selo de boas práticas em questões associadas à biossegurança.

 

Protocolos

Esses protocolos, por sua vez, salienta Souza, são adaptados às  medidas adotadas por cada Estado e município. "É um protocolo macro que vai se individualizando de acordo com a realidade local", explica. São Paulo, por exemplo, utiliza o sistema de bandeiras para sinalizar as fases de retomada.

Além do uso de máscaras, instalação de álcool em gel e higienização das dependências, estão entre os protocolos a redução da capacidade de ocupação para permitir o distanciamento social. Nesse primeiro momento, áreas de convivência de hóspedes e de lazer, como piscinas, permanecem fechadas.

Souza acredita que os resorts não terão problema de se adaptar às novas normas, porque já tinham procedimentos rigorosos antes da pandemia. A alimentação por sistema de bufê não será eliminada, mas deve ser substituída por processos mais seguros nos hotéis que não têm mais de um restaurante.

 

Os espaços destinados a eventos serão os últimos a serem abertos. "Esse é o segmento mais afetado", reconhece Souza. Hotéis que tinham no corporativo boa parte de seu faturamento sentirão a perda de receitas com mais impacto. "O setor de eventos terá retomada mais lenta do que o lazer", salienta.

 

Prejuízos

 

Depois de cem dias fechados, os resorts devem retomar as atividades de forma lenta. "Ninguém tem expectativa de uma retomada súbita do número de hóspedes", enfatiza Souza. Ele acredita em ações promocionais para estimular o retorno dos viajantes, mas descarta uma guerra tarifária.

Sobre as perdas do setor, a Associação Resorts Brasil ainda não contabilizou os prejuízos. "Nos últimos anos, o segmento faturava entre R$ 3,5 bi a R$ 5 bi. Pode-se cortar esse número pela metade neste ano. Devemos perder, pelo menos, 50% de nosso faturamento anual", avalia.

 

Souza aposta ainda no comportamento dos viajantes. "Como as pessoas ficaram muito tempo confinadas em casa, a maioria irá querer tirar, pelo menos, uma semana de férias com a família para relaxar", pontua o executivo, que também é diretor do Casa Grande Hotel, em Guarujá (SP), que volta a funcionar no dia 10 de julho.

 

Até setembro, garante Souza, a maioria dos associados terão retomado as atividade: 19 abrem a partir de julho, oito em agosto e sete em setembro. Seis ainda não definiram uma data.

 

Até agora abriram as portas o Aguatiba Golf Resort, em Cornélio Procópio (PR), o Bourbon Cataratas do Iguaçu e Recanto Cataratas Themas, em Foz do Iguaçu, no Paraná, o Bourbon Atibaia Resort, em Atibaia,  o Mavsa Resort, em Cesário Lange, o Royal Palm Plaza Resort, em Campinas e o Santa Clara Eco Resort, em Dourado, todos em São Paulo, o Catussaba Resort Hotel, em Salvador (BA), o Costão do Santinho, em Governador Celso Ramos (SC) e o Itá Thermas Resort & Spa, em Itá, em Santa Catarina, o Dom Pedro Laguna, em Aquiraz (CE, o Malai Manso, na Chapada dos Guimarães (MT) e o Vale Suíço Resort, em Itapeva (MG)..

 


Publicado em: 03/07/2020 | Textos relacionados | Página principal

UNIDADES E CONTATOS
Endereço, e-mails e telefones

Parceiros e fornecedores
Tudo o que você precisa:

Nossos contatos
Vamos conversar?

  • 31 - 3763-5467
  • 31 - BHZ
  • rofamos@uol.com.br
  • rofamos@uol.com.br
  • Fale conosco

Redes sociais
Curta nossas redes

Diretoria e colaboradores
Conheça nossa equipe

Administação do site
Atualizar conteúdo do site